• Bruna - Yogi Buda Yoga

Comida Yogi: alimentos que ajudam na prática


O que acha de fazer a reunião dos amigos da aula de yoga em uma churrascaria rodízio? Parece um pouco estranho, não? A preferência alimentar dos praticantes de yoga tende a ser saudável e muitas vezes vegetariana e isso não é uma grade coincidência. Descubra as razões para comer como um yogi:

1. Benefícios para o corpo

Uma das muitas razões para a prática de yoga é pelos seus resultados físicos. Braços, abdômen e pernas mais torneados são os sinais mais visíveis da prática, mas há também os efeitos de limpeza dos órgãos internos, mantendo o sistema digestivo em movimento, a melhora o fluxo sanguíneo, o fortalecimento do sistema imunológico e outros benefícios.

Optar por uma dieta saudável e vegetariana reduz o risco de doenças cardíacas (vegetarianos demonstraram ter um risco 24% menor de morrer de doenças cardíacas); câncer (há evidências de que os vegetarianos tendem a ter uma taxa global mais baixa de câncer em comparação com a população em geral) e obesidade (vegetarianos tendem a ter um índice de massa corporal IMC menor do que os comedores de carne em todas as faixas etárias, segundo um estudo de Oxford).

Alimentos à base de plantas são geralmente mais fáceis de digerir, mais ricos em fibras, vitaminas e antioxidantes, e mais baixos em açúcar e calorias. Esses alimentos também são mais propensos a melhorar seu nível de energia e proporcionar mais disposição.

2. Benefícios para a mente

Praticamos yoga para acalmar a mente. A comida que você ingere tem o potencial de ajudar nesse processo ou pode ter um efeito oposto e aumentar a frequencia de pensamentos negativos em sua mente. Segundo a tradição yogi, a melhor alimentação para ajudar a acalmar a mente é chamada de Sattvica. O termo vem do termo sânscrito Sattva, que significa clareza e leveza. Uma dieta Sattvica é, portanto, composta de alimentos que ajudam você a viver uma vida calma com uma mente tranquila e inclui principalmente frutas, legumes, grãos, legumes e nozes e, quanto mais naturalmente esses alimentos são fornecidos, mais sattvicos são considerados. Segundo a Ayurveda, os melhores alimentos são aqueles que são cultivados em harmonia com a natureza. Os alimentos que contribuem para a clareza mental incluem nozes e sementes, grãos e ervas. No extremo oposto da dieta estão os alimentos que entorpecem a mente e levam à hiperatividade. Estes incluem alimentos de origem animal, alimentos processados, com cafeína e sal. O poder de escolher alimentos leves e saudáveis ​​é descrito no Bhagavad Gita (o texto mais influente da tradição hindu): Quando a luz da sabedoria flui de todas as portas do corpo, então pode ser entendido que a modalidade pura e clara (satva) é predominante. - Bhagavad Gita (14:11)

3. Raízes na Ayurveda

Para entender de onde vem a sabedoria alimentar yogi, devemos entender um pouco sobre Ayurveda, a antiga ciência indiana de saúde preventiva e cura. Um dos conceitos centrais da Ayurveda é o de variedade de tipos corporais (doshas), cada um deles tem preferências e necessidades por diferentes tipos de alimentos.

Os tipos Vata, por exemplo, precisam de alimentos de aterramento, como óleos e grãos.

Tipos Pitta precisam de mais alimentos refrescantes, como saladas e frutas doces.

Os tipos Kapha se beneficiam do aquecimento e alimentos revigorantes, como a pimenta caiena e outras pimentas.

Uma premissa clássica do Ayurveda é que poucas pessoas são estritamente de um só tipo, a maioria é, na verdade, uma mistura de pelo menos dois tipos de doshas. Cada indivíduo deve encontrar um equilíbrio alimentar pessoal para se adequar a sua constituição em determinado momento de vida. Assim como certas posturas de yoga são apropriadas para certas pessoas ou em determinados momentos, uma boa alimentação é diferente de uma pessoa para outra. Você saberá que sua dieta está funcionando bem quando se sentir saudável, dormir bem, tiver uma boa digestão e sentir que seu sistema é apoiado pela alimentação que escolheu.

4. Atitude de não-violência (Ahimsa)

OM é o som da vibração universal que nos conecta a tudo e a todos. De acordo com os ensinamentos yogis, todas as criaturas vivas são divinas e merecem respeito - humanos e animais. A filosofia yogi também ensina o conceito de Ahimsa ou não-violência. Optando por alimentos à base de plantas naturais, ricos em valor nutricional e facilmente absorvidos pelo corpo, o delicado equilíbrio interno permanece sob controle e esse equilíbrio se estende à mente. Se o corpo estiver fora de sintonia, a mente lutará para manter a calma e as emoções podem se tornar instáveis. Se o corpo é feliz, a mente permanece leve e pacífica.

5. Equilíbrio

A verdade é que a prática da yoga é algo extremamente pessoal. Quando você vai até o seu tapetinho com seu tipo corporal único, peculiaridades e hábitos, o que você está buscando através da prática de yoga é um lugar de equilíbrio. Assim como a yoga, comer é uma atividade altamente pessoal - você aprende a adaptar suas necessidades aos alimentos disponíveis no seu estilo de vida. O desafio é entender que não precisamos nos alimentar de modo automático e que não existe uma solução única para encontrar os alimentos certos, por isso é necessário que seu senso de percepção seja aguçado.

A mágica acontece quando, a medida que você continua praticando yoga, esse senso intuitivo do que é certo para o seu próprio corpo irá emergir.

A escolha de alimentos bons para o seu corpo passará a ser natural.

Uma dica para começar a aguçar essa percepção é observar padrões em sua digestão, ciclo de sono, respiração e nível de energia. Um diário alimentar pode ser uma excelente ferramenta para mapear esses padrões. Se você está se sentindo desequilibrado, busque em seu diário e veja que o que você está comendo que pode estar causando problemas.

O equilíbrio é a chave, tanto na sua dieta pessoal como na sua prática de yoga e essencial permanecer consciente e presente no momento. Namastê!

#yogaalimentação #yogacomida #iogacomida #iogadieta #dietayoga #comidasparayoga #comidasparaioga #ahimsa #doshas #ayurveda

108 visualizações
  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo

©2020 Todos os direitos reservados. Yogi Buda Yoga.